Conheça os anos de História Jeep

17/01/2020

Quem vê qualquer um dos modelos da Jeep hoje, tão modernos, aventureiros e urbanos, nem acredita que a origem do veículo está no começo da Segunda Guerra Mundial. Os anos de tradição, experiência off road e tecnologia levaram a marca a produzir hoje os veículos que tanto impressionam motoristas ao redor do mundo inteiro.

Jeep Wrangler, Jeep Grand Cherokee, Jeep Renegade: como a montadora deu origem a tantos sucessos? Veja como foi o início da marca, muito antes de se tornar o que é hoje.

A Origem Jeep

Em 1941, o governo dos Estados Unidos estava se preparando para entrar na Segunda Guerra Mundial, mesmo contra a vontade da população. Na época, o país estava sofrendo com a falta de veículos leves para serem usados na guerra. Só existiam motos, sidecars e o Ford Modelo T, veículos que não haviam sido desenvolvidos para este fim. Se não houvesse outra solução, os soldados teriam que utilizar cavalos.

Para tentar resolver esse problema, o governo lançou uma concorrência para a criação de um novo automóvel. Ele precisaria ter uma tração nas quatro rodas, pesar no máximo 590 kg de peso vazio e ter 11,5 mkg de torque. Então, o governo procurou 135 empresas automobilísticas para realizar o projeto, mas apenas três responderam aos requisitos: Bantam, Willys-Overland e Ford. O projeto precisava ser feito em apenas 49 dias.

Ao longo do processo, somente a montadora Bantam conseguiu entregar nesse prazo. Mesmo assim, a Willys-Overland teve um resultado melhor, ainda que o automóvel pesasse mais de 1000 kg. Isso em razão de ter apresentado uma performance muito superior aos concorrentes e por se mostrar um veículo mais preparado para o front.

Com a escolha do projeto, foram produzidas 700 mil unidades. Dentre essas, muitas foram enviadas diretamente para a União Soviética.

Batizado de Willys MB, ele era o queridinho dos soldados, principalmente devido às suas infinitas capacidades de uso. Sua principais utilizações durante a Guerra foi servir para reconhecer qualquer tipo de terreno e locomover tropas e munições, assim como base para armas leves e para fazer o transporte dos feridos.

Tamanho foi o sucesso do Willys MB que algumas de suas características são a marca registrada dos veículos Jeep. Tais como a grade frontal em barras verticais e os faróis arredondados. Além disso, a estrela branca na tintura verde do veículo, as duas portas laterais e o step sobressalente na traseira foram algumas das outras características estéticas que eternizaram o modelo que protagonizou a atuação norte americana durante a segunda guerra.

jeep-willys-overland-1952-placa-preta-vendo-troco-D_NQ_NP_788007-MLB28218602253_092018-F.jpg

Por quê Jeep?

A origem do nome Jeep é desconhecida, mas pegou com muita facilidade. A palavra não tem significado nenhum no dicionário da língua inglesa, o que fez com que algumas teorias fossem criadas ao longo do tempo.

Uma delas é que o apelido viria da sigla GP. Em inglês, ela vem da expressão general purpose, que traduzido para o português fica propósito general. A sigla é lida como “gi pi” pelos estadunidenses.

Jeep era também uma gíria usada para qualquer protótipo, como aviões e outros meios de transporte, por exemplo.

Hoje em dia, a teoria mais usada é que o apelido vem do desenho Popeye. Nele, existia um bichinho chamado Eugene, the Jeep, que vivia na floresta, tinha poderes e era capaz de resolver qualquer problema.

Do front de Guerra às Pistas Urbanas

O sucesso dos veículos Jeep durante a Guerra, principalmente em razão do potente motor e robusta estrutura, fez os donos da marca perceberem o potencial que o veículo poderia ter com a população em geral. Foi então que a montadora se dedicou a desenvolver veículos Jeep para uso civil.

Um dos primeiros e mais vendidos modelos vendidos ao público foi o Jeep CJ-5, também produzido pela Willys Overland do Brasil. Anos mais tarde, na década de 60, nasce o conceito de utilitário esportivo com o Jeep Wagoneer. O primeiro veículo de luxo com tração 4x4. Além disso, o modelo também possuia direção hidráulica, ar-condicionado, quatro portas e transmissão automática.

A partir de então, o sucesso da marca só decolou em todo mundo e até com veículos no Brasil. Tanto que em 2015 a marca lançou o Renegade e em 2016 o Compass, ambos líderes de vendas e reconhecidos como melhores do mundo.

Quer saber mais sobre a história Jeep? Conheça os principais modelos que marcaram a história da montadora. Quer mais? Conheça a Família Jeep dos dias de hoje.

conheça nossa loja

MARECHAL - CURITIBA Av. Marechal Floriano Peixoto, 1711 (41) 3148-8000